Programa Ciências sem Fronteiras: a CEU-UCH despede-se dos 18 estudantes brasileiros que realizaram seus estudos durante este ano acadêmico

Procedentes de 16 universidades distintas, cursaram estudos na Escuela Superior de Enseñanzas Técnicas (Escola Superior de Ensinos Técnicos) e nas Facultades de Ciencias de la Salud y Veterinaria (Faculdades de Ciências da Saúde e Veterinária)

A Universidad CEU Cardenal Herrera despediu-se dos 18 estudantes procedentes de 16 universidades brasileiras que participaram este curso da primeira edição do programa Ciência sem Fronteiras. Trata-se de um programa especial de mobilidade internacional desenvolvido pelo Brasil para a formação universitária em Ciência, Tecnologia e Inovação. Sua finalidade é aumentar a presença de estudantes, professores e pesquisadores brasileiros em instituições de excelência no exterior, entre as quais CEU-UCH foi selecionada.

Os 18 estudantes brasileiros participantes desta primeira edição realizaram estudo de um ano acadêmico na CEU-UCH, de setembro a junho, cursando 60 créditos ECTS de estudos dos cursos de Ingeniería en Diseño Industrial y Desarrollo de Producto (Engenharia em Desenho Industrial e Desenvolvimento de Produtos), Arquitectura (Arquitetura) e Ingeniería Informática en Sistemas de Información (Engenharia Informática em Sistemas de Informação), na Escuela Superior de Enseñanzas Técnicas (Escola Superior de Ensinos Técnicos). Também nas graduações de Enfermería (Enfermagem), Fisioterapia (Fisioterapia), Odontología (Odontologia) e Farmacia (Farmácia) da Facultad de Ciencias de la Salud. (Faculdade de Ciências da Saúde). No caso da Facultad de Veterinaria (Faculdade de Veterinária), vários estudantes prolongarão mais sua estadia nos meses de verão, realizando práticas no Hospital Clínico Veterinario da CEU-UCH, dentro do Plano de Práticas que prevê este programa internacional.

O programa Ciência sem Fronteiras é gerido através do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, do Brasil, que selecionou centros de excelência em todo o mundo firmando acordos com Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Espanha, com quem firmou um Memorando de Entendimento em 20 de fevereiro de 2012 com a Secretaría de Estado de Educación, Formación Profesional y Universidades (Secretaria do Estado de Educação, Formação Profissional e Universidades) do Ministerio de Educación, Cultura y Deportes de España (Ministério de Educação, Cultura e Esportes da Espanha), abrindo assim o Programa a participação de universidades espanholas.

Os estudantes brasileiros foram selecionados pelo CNPq devendo ter totalizado entre 20% e 90% da formação de 4 anos ou mais no Brasil. O MECD encomendou a Fundación Universidad a gestão na Espanha deste programa, motivo pelo qual a Fundación tem atuado de enlace entre as universidades espanholas ofertantes de vagas, entre as que se encontra, desde esta primeira edição, a Universidad CEU Cardenal Herrera.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


Resolver: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.